Preso por estupro em Chapada dos Guimarães é espancado na cadeia, não resiste e morre em hospital

501

Sebastião Rocha Alves, 51, que estava preso na Cadeia Pública de Chapada dos Guimarães (67 km ao Norte de Cuiabá), por acusação de estupro, morreu após 3 dias internado no Pronto-Socorro de Várzea Grande. Ele deu entrada na unidade de saúde após ser espancado dentro da cadeia e estava preso pela suspeita de estuprar uma menina de 5 anos no mês de maio.

Conforme as informações, ele deu entrada na unidade de saúde na quinta-feira (3). Ele foi vítima de agressão dentro da cadeia pública e foi espancado, apresentando várias lesões, fraturas de costelas e hematomas no abdômen e no tórax.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.